Faculdade Part. 2 – O que é Produção Editorial?

CONTINUANDO…

Eu escolhi o curso de Produção Editorial, utilizando as técnicas que mostrei para vocês na Parte I. Nessa segunda parte, mostrarei qual foi o ponto decisivo na minha escolha do curso, o que é Produção Editorial, como eu escolhi a universidade e o que eu estudo nas aulas.

Bom, depois que você coloca na cabeça o que quer ou as várias coisas que quer, é a vez da realidade te mandar de volta à terra. É nessa hora que colocamos  tudo na balança para ver o que é o melhor para sua vida dali em diante.

No post anterior, eu consegui chegar em alumas conclusões: área, o que, onde e possibilidades. E deu nisso:

Área: Comunicação 

O que fazer: Produção Editorial (P.E.)

Onde (faculdades):  USP, UAM, UFRJ e Rio Branco

Porquê: Trabalhar com livros e conteúdo em geral é o que amo fazer.

Possibilidade: Além das editoras, entrar nas áreas audiovisuais como o cinema e a publicidade.

O QUE É EDITORAÇÃO/PRODUÇÃO EDITORIAL

De acordo com o Guia do Estudante, o profissional formado em Produção Editorial “trabalha nas diversas etapas de edição e publicação de obras impressas ou eletrônicas. Ele poderá coordenar a edição de livros, revistas, catálogos, folhetos e websites.

É ele quem seleciona os temas e os títulos que serão publicados e define com o autor e a equipe de editores o conteúdo e o formato da obra, bem como estabelece o cronograma de trabalho. Ocupa-se também dos aspectos físicos do produto editorial: determina o tipo e o tamanho das letras, escolhe o tipo e a gramatura do papel, define a paginação do texto e as fotos ou ilustrações ao longo das páginas.

Define, também, as características da capa, levando em conta o perfil do público-alvo. O produtor editorial também se envolve com aspectos relacionados mais diretamente ao processo de produção e ao negócio: estabelece a tiragem de uma publicação, sua periodicidade, época de lançamento e sistema de distribuição, controla prazos e orçamentos.

Em marketing, o profissional cuida do lançamento de publicações e cria produtos de acordo com as tendências do mercado, os interesses da editora e os aspectos comerciais e de custo.”

Minhas palavras: Um autor/jornalista/criatura da terra dá um documento word para o editor!

O que faremos? Editar TUDO! Com amor e carinho.

Você também pode fazer isso. Acho super válido ter em mente que mesmo que um curso não seja abrangente ao ponto de mudar de área, nele você descobre possibilidades de fazer coisas diferentes dentro na sua carreira.

bookcase-1867460_960_720.jpg

Falando nisso, você sabe a diferença entre Carreira e Profissão? Quando você percebe a sutil diferença entre cada uma, sua mentalidade (na vida profissional) muda sobre o que você exerce na sociedade.

DIFERENÇA ENTRE PROFISSÃO E CARREIRA

Falando nisso, você sabe a diferença entre Carreira e Profissão? Quando você descobre o que cada uma é na sua vida profissional, sua mentalidade sobre o que você exerce na sociedade muda. Ou você como eu, pode até saber mas nunca pensou sobre isso.

“Profissão é o curso que eu presto no vestibular”, diz Leo Fraiman, orientador profissional. Já a carreira, segundo ele, é formada pela trajetória ao longo da vida: “é o contínuo de atividades e formações”, diz.

Quando você coloca no currículo o que você estudou e onde trabalhou, consequentemente escreve sobre o que exerceu dentro do seu cargo.

Não tem como adivinhar o que você exercerá 100% do tempo na sua vida profissional. Mas vou me usar como exemplo, para vocês entenderem como eu escolhi  a faculdade… Já já 😉

VALE A PENA FAZER ESSE CURSO?

Hoje em dia (com os brasileiros lendo um pouco mais do que o habitual) o mercado editorial abriu para esses profissionais. Nem tanto, mas algum avanço, ocorreu.

Se você entrar numa editora de livros, pode acreditar que terá pessoas de cursos como Letras, Jornalismo, Tradução, Publicidade e Propaganda, Administração, Design e Marketing. Mas cada um deles específicos em sua área. A pessoa que fez P.E. (intimidade) vai estar em todos esse lugares. Para mim, vale a pena!

GRADE CURRICULAR – MEU PONTO DECISÃO

Quando eu falo Editoração você pensa em que? Algumas pessoas pensam em jornal, revista ou apenas editar algo. E quando eu falo Produção Editorial, vem o que em sua mente? Já vem algo como produção de textos? Produzir edições de alguma coisa?

Bom exitem esses dois termos dentro da minha profissão. Para ser editor você pode estudar Produção Editorial (na Anhembi Morumbi) ou Editoração (na USP, Rio Branco ou na UFRJ). Isso mesmo, só existem 4 faculdades no Brasil para essa profissão.

Eu estou estudando na Anhembi Morumbi (UAM) em São Paulo. Em 2014 queria estudar na USP, mas não fiquei muito feliz com a grade deles. Comparem rapidamente aqui, a grade curricular do 1º semestre de cada uma.

*Quando forem comparar as aulas das faculdades que tenham o curso de vocês, não pensem apenas em “nome” e se é pública ou particular. Não pensem em “1º semestre é sempre ruim, é só teoria”. Tenham a mente aberta. Se a faculdade for boa – no seu curso- ela te dará suporte para gostar de verdade da sua futura profissão. Ou pelo menos tentar.

PRODUÇÃO EDITORIAL (UAM) EDITORAÇÃO (USP)
ARTE E CULTURA

COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO

ESTRUTURA DE ROTEIROS

MERCADO EDITORIAL NACIONAL E INTERNACIONAL

PROJETO EM PRODUÇÃO EDITORIAL EM MÍDIA IMPRESSA

FUNDAMENTOS DE SOCIOLOGIA GERAL E DA COMUNICAÇÃO

HISTÓRIA DO LIVRO

PRODUÇÃO GRÁFICA

LÍNGUA PORTUGUESA: REVISÃO DE TEXTO

TEORIA DA COMUNICAÇÃO

INTRODUÇÃO À EDITORAÇÃO

E foi aí que eu descobri meu amor pela PRODUÇÃO e não pela EDITORAÇÃO. No começo me diziam que era tudo igual, mas quando entrei na faculdade, percebi que era totalmente diferente.

EXPLICANDO A DIFERENÇA ENTRE AS DUAS

Calma vou explicar porque simplesmente olhando as grades, consegui decidir a faculdade.

Na USP (à direita) o curso é mais voltado para português e gramática. Isso quer dizer, que o editor que se formou lá exercerá poucos cargos dentro da editora, como tradutor, revisor, produtor de texto e diagramação.

Além disso, os dois primeiros anos da faculdade, você não estuda o curso e sim Comunicação junto aos alunos de Jornalismo, Letras e outros cursos ligados.

Já a Anhembi (à esquerda) são todas aquelas áreas que comentei (Letras, Design, Tradutor…) juntas num só curso. Além de dar aulas de matérias audiovisuais, como Roteiro. Tendo esse tipo de aula terá como eu trabalhar em Cinema, Teatro e muito mais.

Então na minha cabeça, mesmo essa síntese sendo muito crua: 

Editoração é a parte mais textual da profissão. 

E Produção Editorial é o todo do processo de criar o livro e cultura na área de comunicação.


StockSnap - File.jpg

MUDANDO TOTALMENTE DE ASSUNTO

DIFICULDADES DA MINHA VIDA DE ESTUDANTE DE P.E.

Se você quer fazer esse curso, a parte mais difícil da sua vida será responder a famosa pergunta “O que é produção Editorial?”

Como meu professor de projeto diz: “É pegar qualquer coisa e faze-la se tornar BONITA esteticamente”.

Como eu explicava para minha mãe: “Mãe, eu vou fazer livros” (Até hoje ela não entende o que eu quero ser quando crescer)

Como eu explicava para minhas amigas: “Meninas, eu vou fazer revistas”.

E para meu namorado eu explicava dando uma síntese do que eu farei (ou posso fazer) estudando esse curso (que foi o que eu fiz com vocês, agora)

Foi isso pessoal!

Conhecimento e oportunidade é a palavra chave para qualquer decisão na vida.

Boa sorte!Bjs ;***

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s